Resenha literária - Volte para mim - Paola Aleksandra

Publicado em 18/09/2018



Sinopse: "Aos dezesseis anos, Brianna Hamilton fugiu da Inglaterra para a Escócia, abandonando sua família e as obrigações como herdeira de um duque. Em meio aos prados escoceses, a jovem encontrou refúgio e descobriu mais sobre a mulher que desejava ser. Mas, onze anos após a fuga, uma dolorosa verdade fará com que ela deseje nunca ter partido. 

Voltar será como relembrar o passado, a fuga, o medo e as escolhas que precisou fazer. E, enquanto luta para reconquistar seu lugar junto à família, Brianna precisará superar Desmond Hunter, melhor amigo e primeiro amor, que anos atrás ela escolheu deixar para trás. 


Volte para mim é um romance arrebatador sobre recomeços, sentir-se inteira e, acima de tudo, confiar no amor."

Gênero: Romance de época | 304 paginas Editora Essência Classificação: 5 estrelas encantador e apaixonante

                                                 Compre na: Americanas - Amazon - Saraiva

Olá, leitores. Prontos para mais uma indicação de um livro apaixonante? 

Não vou dar nenhum spoiler, o que pode ser bem difícil, pois queria falar o que senti em cada cena, mas seria injusto e chato. Além disso, a graça de ser leitor é ficar com raiva por não saber de quase nada, mas quando você descobre tudo faz sentido e fica ainda mais perfeito. 

Livro de estreia de Paola Aleksandra, criadora do blog/canal Livros e Fuxicos (que é um dos meus favoritos), Volte Para Mim foi um sonho realizado de uma leitora e amante de literatura. Percebi que, em cada página, ela colocou todo o amor e dedicação, além de ter planejado algumas etapas do livro. Sei que outras foram apenas se encaixando (escritores entenderão).

O mais legal é que dá para ver coisas que é bem a cara da Paola, tais como: o clichê, briga de "cão e gato" (que eu particularmente amo ), o romance verdadeiro (e com sentido), um drama familiar que tem um significado importante, o personagem forte que corre atrás dos seus sonhos e, principalmente e mais importante, o que senti em todas as páginas do livro, o amor. É nisso que esse livro se resume, amor intenso e maravilhoso.

Desde pequena, Brianna é apaixonada pela Escócia, terra de sua família materna, mas seus pais nunca nem a levaram para conhecer aquele país que tanto a deixava curiosa. Algo dizia que precisava estar naquele lugar. Até que, quase no dia do seu debut, quando iria completar seus 16 anos e ser apresentada, descobre algo que mudaria sua vida e, assim, decide que precisaria fugir, já que seus pais não a levariam para a Escócia. 


Desmond a ajuda em sua fuga e vê a menina que amava tanto ir para outro lugar sem saber quando voltaria. Eram, desde crianças, muito amigos. Seus pais eram colegas de juventude e, assim, sempre se viam, já que as famílias eram amigas. Com o tempo, se apaixonaram. 

Depois de 11 anos, Brinna, agora com seus 27 anos, retorna para a Inglaterra e encontra sua família. Ela revê sua mãe, que está passando por uma situação complicada, e sua irmã, que se afastou e nunca respondeu suas cartas. Além de rever Desmond que, apesar de ser o mesmo, está diferente. 


Vemos a trajetória de descobrimentos e maus entendimentos entre ambas as partes até resolver, de fato, todos os problemas com conversas, em meio a lágrimas e corações batendo fortemente no peito.

É um livro que trata de amizade e amor, principalmente. É algo tão real e tão cheio de sentimento que me fez chorar em muitos momentos, ficar com o coração apertado em outros, além de entender que tudo se resolve com o tempo e uma conversa clara entre todos os lados da história. 

Perdão é algo tão maravilhoso... Acho que as pessoas deveriam perdoar mais e enfrentar seus medos e desafios, seguir seus sonhos e viver de verdade. Foi o que Brianna fez quando foi para Escócia; se descobriu como mulher e como ela mesma. E mesmo que tenha demorado para voltar (tem uma explicação do porquê de ter demorado tanto e se chama Desmond), enfrentou seus medos, pois já estava pronta. 


Este post está ficando grande, mas tem tanta coisa que quero falar e compartilhar... Por isso, vou fazer mais duas postagens, uma respondendo a Tag do livro, e outra com frases que mais me marcaram (e não foram poucas, meu livro está cheio de post it).

É isso, espero que leiam o livro pois eu gostei muito! É um romance de época que lembra levemente Jane Austen, não sei se alguém mais sentiu isso. 

P.S.: Não me apaixonei pelo livro só porque amo Paola Aleksandra; dividi as duas coisas, tentei achar algo para criticar (no bom sentido), mas acho que ficou perfeito do jeito que está. Além disso, ela teve a grande sacada de deixar o leitor curioso o suficiente para não querer parar de ler e descobrir mais sobre o final e o real motivo por estar acontecendo tudo isso.

Beijo grande a todos e até a próxima postagem. Fui...   

Nenhum comentário