15/01/2016

O pequeno príncipe - O filme



     Era uma vez...
     Como os adultos cresceram.      Esqueceram o que era ser criança e o que realmente importava - a felicidade e diversão.
     Uma garotinha de apenas 8 anos havia se preparado ao máximo, isso porque sua mãe queria que ela entrasse na melhor escola, porém não deu certo, a tal pergunta não era a que ela decorou para responder, então tiveram que partir para o plano B que na verdade era um novo plano A.
     Elas se mudaram para  a uma casa no bairro da escola, e a garota teria que realizar todas as tarefas do quadro do "plano de vida" dela, todos os dias e todos os horários, tudo o que ela teria que fazer durante aquele verão.
     Ao lado da casa onde morava, havia uma casa uma velha casa onde um  velho senhor que tinha uma enorme imaginação e um dia jogou um aviãozinho de papel que na verdade era uma historia sobre um pequeno príncipe "que habitava em um planeta um pouco menor que ele". A menina ficou um tanto curiosa e quis saber mais sobre este planeta e sobre aquele principezinho. Aquele senhor havia se tornado um adulto mas não havia esquecido o que era ser criança e assim contou a sua aventura com aquele príncipe.
     O pequeno príncipe havia se apaixonado pela linda rosa que havia nascido no seu pequeno planeta, mas ela queria muito e assim ele junto com os passaros ele conheceu outros planetas, até chegar a terra, onde conheceu uma linda raposa, porém ao ver outras rosas da terra se lembrou de sua rosa e teve que se despedir da raposa que disse que sempre estaria no coração do pequeno principe.
     Em busca da sua volta ele foi parar no deserto onde encontrou o aviador (que é o senhor amigo da garotinha) e lhe pediu para desenhar um carneiro para comer os brotos de baobá que havia no seu planeta. E assim se tornaram amigos. Mas assim que o aviador consertou o avião, o pequeno príncipe decidiu voltar para o seu planeta e assim eles se despediram.
     Desapontada com a história e depois que a mãe da garota descobriu que eles eram amigos, eles não se falaram mais.
     Em um início noite chuvosa, uma ambulância estava na frente na casa do senhor o levando para o hospital, a garota descide ir junto, triste por saber que pode perder seu único amigo.
     Naquela noite ela foi até o jardim do senhor para ir em busca do pequeno príncipe para ajudar o aviador e depois da enorme aventura, a garota aprende que ela pode crescer e ser adulta, mas sem perder a criança interior, e quando olhar para as estrelas vai saber que tanto o aviador quanto o pequeno príncipe estará lá e se ela prestar a atenção vai ouvi-los rindo.
     Eu me apaixonei por este filme e me identifiquei, apesar de eu ter 19 anos, não perdi a criança dentro de mim, porem muito adultos esquecem que na vida não existe só dinheiro, que as coisas mais simples são a que nos fazem felizes.
     Não deixe a sua criança morrer, faça ela aparecer, porque assim você será feliz.
     Este filme merece muito mais que 5 estrelinhas, merece uma constelação inteira.


Nenhum comentário:

Postar um comentário