20/06/2016

Entrevista com a escritora Ale Rangel


Olá galerinha, hoje vocês irão conhecer mais uma escritora do Wattpad, desta vez é a Ale Rangel, uma garota novinha, mais com muita determinação. Para quem não viu a primeira entrevista que fiz com uma escritora do Wattpad, é só clicar aqui para conhecer a Michele Batista. 
Conheci a Ale em um grupo de WhatApp. A Ale é uma escritora de mão cheia e uma apaixonada pelo pais das maravilhas. 
Agora conheça um pouco mais sobre ela. 

Jady Santos: Me fale um pouco sobre você: 

Ale Rangel: Eu diria que no geral, eu sou uma pessoa bem complicada. Minhas variações de humor são constantes (Rs) mas eu costumo ser alegre e divertida. Adoro sair para me divertir, mas também curto bastante as atividades caseiras, como ler um livro ou colocar as séries em dia. Sou bem responsável com os meus compromissos, eu procuro honrar as coisas que eu faço, até porque sou bem perfeccionista e não gosto das minhas coisas mal feitas.

Jady Santos: O que te incentivou a escrever, quando e porque?

Ale Rangel: Eu escrevo desde pequena, na verdade. Eu sempre fui ótima com aquelas redações escolares, até mesmo nas típicas redações de "Como foram as suas férias ". Eu sempre gostei muito, muito mesmo, de ler. E isso foi, com certeza, o ponto que mais me ajudou a criar as minha próprias histórias e colocar no papel.

Jady Santos: O que te incentivou a escrever e o que te incentiva hoje?

Ale Rangel: Eu não tenho uma inspiração definida, nunca tive. Eu simplesmente tenho uma ideia, que parece fantástica na minha cabeça e coloco no papel. Às vezes ela fica bem legal, outras vezes não. Eu escrevo mais por mim mesma, baseando tudo nos meus desejos, sonhos ou qualquer coisa que eu acho que daria um bom conto ou livro. Mas se tem algo que posso dizer que me inspira, são os leitores. Eu conto com eles para tudo, e a força que eles me dão para continuar com isso, é minha fonte de inspiração.

Jady Santos: Seu livro fala sobre o que?

Ale Rangel: O Mensagens é algo bem simples, uma idéia básica, que eu resolvi transformar numa história maior. Minha personagem principal, a Clara, tem uma personalidade forte, assim como eu, e passou por muitas desilusões na vida, o que a fez ser mais dura com relação ao amor. Então ela secretamente recebe mensagens através da mesa da escola e inicia um diálogo com essa pessoa desconhecida. Acho que é uma forma de refúgio para ela, e para os seus problemas ter algo diferente na sua rotina.

Jady Santos: Quais são seus livros publicados? Me fale um pouco sobre eles.

Ale Rangel: Livros mesmo, eu só tenho dois. No caso, o Mensagens e o Pelos olhos do Chapeleiro. Ele é um livro diferente, até a forma de escrita dele é diferente, é formal. É basicamente a história de Alice no País das Maravilhas (no caso, eu utilizei a releitura de Tim Burton, porque sou louca pelas obras dele) contada pela visão do Chapeleiro Maluco, que é, para mim, o melhor personagem da história. Fora esses dois livros que eu ainda estou escrevendo, eu tenho os meus contos. São todos sobre romance, assim como meu livro, sempre procurando mostrar que o amor está nos lugares mais improváveis.

Jady Santos: Sua família sabe que você escreve? Como eles reagiram?

Ale Rangel: Eles sabem que eu escrevo desde sempre e sem dúvidas o apoio deles foi fundamental. Todos eles sempre me apoiaram muito e me deram força para tentar algo, mesmo que não resultasse em nada. Só tenho a agradecer todo esse apoio que eles me dão e sempre me deram.

Jady Santos: Qual o seu maior sonho?

Ale Rangel: Por incrível que pareça, meu maior sonho é ser advogada. Sim, é a profissão que eu quero para mim. Eu escrevo, e amo escrever, mas eu nunca pensei em realmente levar isso adiante. Porém, ninguém sabe o dia de amanhã, então, o que tiver que ser, será. Quem sabe eu não acabe uma escritora de sucesso?


Jady Santos: Qual seu escritor favorito?

Ale Rangel: Eu não tenho escritores favoritos, porque eu não tenho um gênero bem definido de leitura, eu gosto de ler o que tiver pela frente, desde caixas de cereal, até Jane Austen (que por sinal, tem livros maravilhosos).

Jady Santos: Como você se vê no futuro?

Ale Rangel: Eu me vejo feliz. Eu não acho que a felicidade dependa do sucesso, ou de dinheiro. Eu acho que os nossos sonhos são a base do nosso futuro. Levo eles sempre comigo, para onde eu for, porque onde eu estiver, eu farei o possível para realizar.

Jady Santos: E por ultimo, você quer deixar algum recado?

Ale Rangel: Eu quero dizer para todos que nunca, nunca desistam daquilo que sonham e nunca percam as esperanças. Sim, é bem clichê, muitos dizem isso, mas é algo real, porque quando morrermos, nenhum desses bens materiais irão conosco. Apenas as nossas memórias e aquilo de bom que vivemos. Então, que vocês procurem sempre, sempre fazer aquilo que querem e desejam, seja aonde for, ou como for, nunca desistam. Tenham sempre esperança naquilo que querem. É só isso.
Obrigada pela entrevista Jady!

Esta foi a entrevista com a linda Ale, quer ler alguns dos livros dela? Então é só clicar nos links aqui abaixo e boa leitura.





Nenhum comentário:

Postar um comentário