05/10/2015

Chuva da ilusão


     Abro meus olhos naquela manhã chuvosa. Levanto da cama, abro a janela e respiro fundo. Sinto meu corpo relaxar, sinto como se tudo fosse brincadeira, minha vida seria uma ilusão criada por mim, sonhos seriam vontades nunca realizarei. 
     Parece brincadeira, mas me sentia assim. 
     Visto um vestido simples e uma sapatilha, cancelo meus compromissos, sento na varanda de casa e observo as gotas de água caindo do céu. Paro e penso o que eu realmente quero, o que me faz feliz.
   De longe reparo uma garota com um garoto correndo da chuva, procurando abrigo, mesmo molhados estão sorrindo se divertindo. Porque as vezes rimos de coisas banais? Onde estaria a graça de tudo isso? 
    Enfim descubro que a resposta é bem simples. Estas besteiras nos fazem felizes porque são sentimento que nos fazem bobos, porem a nossa alma fica fortalecida, nosso coração mais cheio, tudo parece perfeito, parece ficar em paz, sem problemas. 
      É melhor um dia feliz do que pensar que tudo isso é apenas uma ilusão. 
     De longe vejo um rosto conhecido e quando vejo quem é, fecho os olhos e dou um enorme sorriso. Aquele que me fazia sentir uma forte sensação no estomago, me fazia sentir feliz e amada, ao vê-lo encharcado de baixo da chuva o abraço e sussurro.
     - Prometa pra mim, que vai realizar meus sonhos e não vai deixar tudo isso ser ilusão criada da minha mente.
     - Prometo te fazer ser o que quiser ser e fazer você ser um sonho real, vivendo junto comigo para todo um sempre ainda indeciso.

Jady Santos


Nenhum comentário:

Postar um comentário